Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

More than words.

More than words.

Rebel life (9)

"Eu não vou dar beijo nenhum. "

Pela primeira vez na vida Madeleine foi a primeira a chegar ao local onde tinham combinado encontrar-se para irem acampar, apenas Kevin sabia onde era e por isso tinham de ir para lá todos juntos.

Os outros chegaram logo depois dela, cheios de sacos e montes de coisas para levar, tudo aquilo prometia ser bastante divertido e todos entusiasmados seguiram para a floresta embrenhando-se na mesma, tal como Kevin lhes tinha dito não ficava muito longe da cidade.

- É aqui. – disse Kevin quando por fim chegaram a uma pequena clareira rodeada de enormes árvores. Os outros sorriram entusiasmados e satisfeitos com aquele sítio, Rachel pousou as coisas que trazia no chão e olhou para os outros.

- Podemos montar já as coisas? – perguntou. Os outros assentiram, iriam pôr já as coisas todas prontas e no fim iriam dar um volta pelas redondezas para verem melhor como aquilo era e aproveitando os últimos raios de sol daquele dia.

Todos ficaram a olhar para Ryan quando este apenas tirou uma tenda de dentro da sua mochila, Kevin pegou na mochila e espreitando lá para dentro apenas viu sacos cama e nenhum vestígio de alguma outra tenda. Começou a tirar os sacos cama para fora um por um até deixar a mochila vazia, virou-a ao contrário.

- O que foi? – perguntou Ryan pegando na única tenda e começando a desembaraça-la para a poder montar.

- A outra tenda? – perguntou Madeleine olhando-o de sobrolho franzido, não podia ser o que ela estava a pensar, a sério que não podia.

O rapaz coçou a cabeça e mordiscando levemente o lábio olhou para eles. – Pois isso… - encolheu os ombros e desejou mentalmente que não tivessem um mini ataque de coração, principalmente as raparigas. – Eu esqueci-me que só tinha uma tenda… - os outros continuaram a olhar fixamente para ele até Rachel perguntar porque não tinha arranjado outra ou comprado. – Não tinha dinheiro, sabem bem que não ando muito rico ultimamente. – lembrou-se de quando ia assaltar  a loja, por causa daquele lobo não tinha conseguido roubar o dinheiro que queria. – E não tive tempo também, isto foi tudo combinado em cima da hora, por isso não me culpem que eu não tenho culpa.

- Já chega Ryan. – resmungou Kevin quando o outro não parava de falar a tentar arranjar desculpas para aquilo. – Já entendemos que vamos ter de dormir todos na mesma tenda. – acrescentou.

Olharam os dois para as raparigas vendo-as com um olhar deveras furioso como se tivessem vontade de o matar.

- A tenda é grande… - murmurou Ryan levantando ligeiramente as mãos no ar. Elas abanaram a cabeça e resmungaram alguma coisa imperceptível, não valia a pena dizerem mais nada pois não servia de nada. Não iam agora voltar para trás para arranjar outra tenda.

Ao fim de alguns minutos Ryan tinha acabado por conseguir montar a tenta, Madeleine e Rachel tinham-se recusado a ajudá-lo como forma de vingança, já Kevin tinha ajudado um pouco. Não tardou a que tudo estivesse nos seus devidos lugares e minimamente organizado.

- Podemos ir dar um volta agora? – perguntou Rachel aos saltinhos em volta dos amigos, todos se riram e assentiram.

Kevin foi o primeiro e embrenhar-se no meio das enormes árvores que rodeavam aquele pequeno local, os outros seguiram atrás dele. Apenas se viam árvores completamente verdes por todos os lados, o som dos pássaros e outros animais da floresta davam para ouvir perfeitamente devido ao silêncio que se instalara entre eles. O rapaz levou-os até à cascata da qual tinha falado no dia anterior.

- Isto é o paraíso. – retorquiu Madeleine de boca aberta enquanto olhava em volta assim como os outros. Era realmente um lugar magnifico, parecia daqueles sítios que apenas existiam nos filmes ou então nos nossos sonhos mais fantasiosos. Como já estava quase a escurecer combinaram que voltariam ali no dia seguinte onde passariam grande parte do dia a divertir-se.

 

Caminharam de volta para a clareira onde estavam as suas coisas, Rachel foi buscar alguma coisa para jantarem visto terem passado praticamente o dia inteiro a pensar e a preparar as coisas para acamparem.

- Podíamos fazer um jogo. – disse Ryan quando acabaram de comer e de arrumar novamente as coisas. Sentou-se no chão e os outros sentaram-se também formando um pequeno círculo ali no meio.

- Que jogo? – perguntou Kevin encostando-se ligeiramente a um pequeno tronco que estava ali por acaso.

O outro encolheu um pouco os ombros e fez um ar um pouco pensativo. – Verdade ou consequência? – acabou por perguntar com um sorriso enquanto fitava cada um dos amigos.

- Sim! – exclamou Rachel já toda entusiasmada. – Eu sou a primeira. – disse levantando o dedo no ar antes que algum deles falasse.

Ryan riu-se assim como os outros. – Está bem loira parva. – riu-se. – Mal posso esperar para que seja a minha vez. – mordeu o lábio com um sorriso traquina estampado no rosto.

Os outros reviraram os olhos, de certeza que vinha porcaria, vindo dele não se podia esperar outra coisa.

Rachel começou o jogo calhando-lhe Kevin, mandou-o fazer uma coisa parva que os deixou apenas a rir às gargalhadas. Depois foi a vez de Kevin que lhe calhou o Ryan, este tentou esmerar-se em algo e pôs o outro a rebolar no meio do chão como se fosse um cãozinho. Todos gozaram com ele deixando-o ficar com cara de poucos amigos.

- Sou eu agora! – disse olhando para eles e voltando a pôr aquele mesmo sorriso de à pouco tempo atrás. Calhou-lhe Madeleine, o que o deixou bastante satisfeita pois queria que lhe calhasse ela ou então o Kevin. A rapariga mordeu o lábio já a ficar com medo do que viria dali e torceu mentalmente para que o rapaz não se pusesse com uma parvoíce de todo o tamanho. Viu-o olhar para o Kevin e depois para ela novamente. – Dá um beijo ao Kevin… na boca. – acabou por dizer.

- Nem penses nisso! – exclamou a rapariga, a sério? Ele só podia estar a gozar com ela. Olhou para o Kevin que estava com cara de parvo a olhar para o Ryan. – Eu não vou dar beijo nenhum. – Madeleine cruzou os braços ao peito.

- Que mal tem? – perguntou Ryan a rir-se. – É um jogo e é só um beijinho. – revirou os olhos e abanou a cabeça ouvindo-se de seguida as gargalhadas de Rachel que estava toda divertida.

Kevin manteve-se calado fazendo apenas um sorriso cínico ao Ryan, ele já ia ver quando voltasse a ser a vez dele. Madeleine bufou, não ia deixar que o rapaz levasse a melhor ao fazê-la desistir ou assim. Olhou para ele e depois para Kevin que estava mesmo à sua frente, mordeu o interior da bochecha e rapidamente se aproximou do rapaz dando-lhe um rápido beijo nos lábios voltando depois à sua posição inicial.

- Já está. – disse para o Ryan que se começou a rir.

Kevin passou a língua pelos lábios disfarçadamente. – Vamos continuar. – retorquiu olhando apenas para Ryan.

10 comentários

Comentar post