Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

More than words.

More than words.

Capítulo 22 - don't judge me

Agnes saiu rapidamente de dentro da escola e respirou fundo quando sentiu o ar frio bater-lhe no rosto. Precisava de falar com Claire, mas ela estava em casa e o mais certo era Dylan também ir para lá… e o que menos queria era voltar a encontrar-se com ele. Mas não aguentava ficar assim com aquilo tudo dentro dela, precisava de desabafar com alguém. Suspirou e chamou um táxi, deu a morada da casa da Claire e em poucos minutos estava lá.

Tocou à campainha e logo a amiga veio abrir a porta.

- Que estás a fazer aqui? – perguntou Claire confusa, que se lembrasse não tinha combinado nada com Agnes.

- Preciso de falar contigo… - murmurou a loira. Claire desviou-se um pouco abrindo mais a porta e Agnes entrou dentro da casa. – Podemos falar no teu quarto? – perguntou olhando a amiga. Assim as probabilidades de ver Dylan eram muito mais reduzidas.

Claire começou a subir as escadas puxando a amiga consigo, assim que entraram no quarto fechou a porta e sentou-se na cama olhando para Agnes.

- O que aconteceu? – perguntou com uma sobrancelha arqueada e olhando atentamente para a amiga que parecia mesmo estranha. Agnes suspirou e foi sentar-se também na cama à beira da amiga. Mordeu o lábio hesitando um pouco antes de falar.

- Vi o Dylan a beijar uma rapariga… - acabou por dizer instantes depois e de olhar baixo.

- Ai eu não acredito que aquele estúpido foi fazer isso! – resmungou Claire, fitou Agnes mais atentamente e levou um dedo ao seu queixo elevando-o. – E tu gostas dele… - disse olhando-a.

- Não gosto… - murmurou Agnes com um longo suspiro.

- Gostas sim Agnes, pára de tentar enganar-te a ti própria. – Claire suspirou também. – Se não gostasses isso não te tinha afectado nada… - acrescentou logo de seguida. – Mas juro-te que não entendo porque é que ele a beijou. – disse em tom de resmungo.

- Ele disse-me que foi ela que o beijou… - murmurou a outra. – Mas tenho a certeza absoluta que ele estava a mentir… - acrescentou com um pequeno encolher de ombros.

- Disse? – Claire arqueou uma sobrancelha. – Se calhar foi mesmo ela… - mordeu o lábio. – Ele gosta de ti também… - disse. Agnes olhou-a arregalando um pouco os olhos.

- Não gosta nada. – suspirou perante o olhar da amiga.

- Gosta. E de certeza que foi a outra que o beijou porque muito sinceramente ele não ia fazer isso. – parou um pouco de falar e depois continuou. – Sabes, eu posso não ser mesmo irmã dele mas já o conheço suficientemente bem. – olhou para Agnes que também estava a olhar para ela. – Antes ele passava o tempo todo a trazer raparigas cá para casa ou em qualquer sítio que ele estivesse estava sempre com uma rapariga diferente.

- Sim, eu já sei disso. – disse a loira interrompendo a amiga. Claire assentiu.

- Mas desde que tu apareceste Agnes, nunca mais trouxe nenhuma rapariga para cá e a única rapariga com quem eu o vejo, és tu. – retorquiu fazendo com que Agnes fizesse uma cara meio confusa.

- Isso não quer dizer nada… - acabou por dizer encolhendo os ombros.

- Quer sim. – resmungou a outra. – Quer dizer que ele gosta de ti. E que tu gostas dele.

- Não. – Agnes abanou a cabeça. – Não posso…

- Claire!!!! – ouviram gritar de repente e Agnes levantou-se rapidamente da cama quando a porta se abriu e viu Dylan.

- Tenho de ir embora. – murmurou a rapariga olhando para Claire. Pegou nas suas coisas, passou rapidamente por Dylan sem o olhar e saiu dali.

 

Dylan seguiu Agnes com o olhar e depois de ela ir embora ele entrou no quarto suspirando.

- Ela está muito chateada não está? – perguntou a Claire que ainda não tinha parado de olhar para ele. A rapariga assentiu levemente.

- Não só chateada mas também triste. – disse. – Não beijaste aquela rapariga pois não? – perguntou.

- Não. – Dylan suspirou. – E já lhe disse a ela que não mas como é óbvio ela não acredita em mim. – voltou a suspirar.

Claire abanou a cabeça e revirou os olhos.

- Tens de falar com ela… eu sei que ela não quer mas vocês têm de falar com calma… - mordeu o lábio. – Vocês estão completamente apaixonados um pelo outro…

- Não estámos nada. – o rapaz fez uma cara confusa.

- Estão sim Dylan, parem de negar isso. – Claire revirou os olhos. – Se a queres admite de uma vez por todas. Diz-lhe que gostas dela, sei lá… faz qualquer coisa antes que seja tarde demais.

O rapaz semicerrou os olhos e suspirou.

- Pára com isso Claire… - murmurou.

- Não paro porque é verdade. – suspirou. – A sério Dylan andas sempre armado em corajoso e essas tretas todas e nem sequer és capaz de dizer a uma rapariga que estás apaixonado por ela.

- Já entendi. – acabou por dizer o rapaz revirando os olhos.

- Espero mesmo que tenhas entendido. – Claire esboçou-lhe um pequeno sorriso cínico.

Dylan fez-lhe uma careta e saiu do quarto.

17 comentários

Comentar post

Pág. 1/2