Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

More than words.

More than words.

Another Life - prefácio

O barulho da arma a cair ao chão foi a segunda coisa que os meus ouvidos conseguiram escutar. A primeira foi o barulho do tiro a ser disparado.

As minhas mãos estão a tremer neste momento e o sangue, vermelho vivo, escorre pelas mesmas. Os meus olhos descem para as minhas mãos e uma lágrima salgada, escorre pela minha bochecha e cai sobre a minha mão, misturando-se assim com o sangue lá existente.

Eu sabia ser muitas coisas. Nunca fui uma rapariga normal, na verdade.

Mas agora, para além de tudo eu sou uma assassina.

Matei uma pessoa.

Serei mesmo um monstro, como sempre disseram?

7 comentários

Comentar post