Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

More than words.

More than words.

Hopeless (14)

Capítulo 14

Miles Foster

“E de repente percebes que nunca foste importante de verdade.”

 

- Uma semana depois

Depois daquele acontecimento no hospital, Miles nunca mais tinha visto Savannah. Já se tinha passado uma semana e era como se a rapariga tivesse desaparecido do mapa apesar das tentativas de ele a tentar encontrar. A única coisa que sabia, era que ela estava com aquele rapaz com quem ele a tinha visto no hospital, e esse facto deixava-o tão mas tão irritado.

Miles atirou-se para o sofá da sala e apenas se levantou quando ouviu a porta de casa a abrir-se, franziu a testa, confuso e quando olhou para a porta deparou-se com Savannah e o outro rapaz ali.

- Savannah? – disse muito surpreendido por ela ter aparecido agora ali. Não estava mesmo nada à espera, principalmente à espera que ela estivesse acompanhada e não sozinha. Tinha vindo com aquele nojento…

- Olá Miles. – disse ela com uma expressão muito séria no rosto. – Vim só buscar as minhas coisas.

- O quê?? As tuas coisas? – ele foi fazendo perguntas umas em cima das outras como se não tivessem fim.

Ela fitou-o. – Sim, vim buscar as minhas coisas porque vou sair de casa. – disse apenas e ele notou todo o nervosismo que ela tentava esconder por trás de toda aquela aparente segurança.

- Não podes ir embora… - ele engoliu em seco.

- Porque não? – ela esboçou um leve sorriso cínico. – Está tudo acabado entre nós, Miles. Acabou-se de vez, estou farta e cansada de sofrer por tua culpa e chegou a hora de parar com isso. – suspirou e tentou ganhar folego. – Vou buscar as minhas coisas ao quarto. – começou a avançar pela sala, e como Miles começou a andar para ir atrás dela, Landon avançou também seguindo assim os dois até ao quarto. Não podia correr o risco de deixar Savannah sozinha com Miles, pois nunca se sabia o que ele seria capaz de lhe fazer. Devia estar furioso e completamente passado com a rapariga.

- Não faças isto Savannah, vais arrepender-te. – Miles suspirou enquanto seguia com o olhar todos os passos da rapariga pelo quarto.

Ela pegou numa mala e começou a atirar lá para dentro a sua roupa e também os seus objectos pessoais, não se preocupando com o facto de estar a ficar uma grande confusão dentro daquela mala.

- Nunca me vou arrepender, podes ter absoluta certeza disso. – disse ela olhando para ele de relance.

Miles conseguia ver nos olhos dela todo o ódio que a rapariga estava a sentir por ele naquele momento. Ela odiava-o… e a culpa… a culpa era toda daquele rapaz que ali estava. Miles olhou para o lado, para onde Landon se encontrava, e esticou um dedo apontando-o ao rapaz.

- A culpa disto é toda tua! – vociferou irritado e fulminando Landon com o olhar. – Andas a trair-me com ele Savannah, eu seu que andas! – atirou ele para o ar quando os seus olhos foram para a rapariga.

- Cala-te. Não é por eu estar com ela que ela te ia andar a trair. – disse Landon, falando assim pela primeira vez desde que tinha entrado naquela casa.

- Pára com isso Miles, já chega! – foi a vez de Savannah falar.

- És um nojento que te andas a aproveitar da namorada dos outros. – Miles continuou a falar enquanto que olhava para Landon.

Landon nem foi capaz de dizer mais nada, pois aquelas palavras bastaram para o conseguirem tirar do sério de uma só vez. Como é que ele era capaz de dizer uma coisa daquela depois de todas as coisas que já tinha feito a Savannah? Savannah ainda não lhe tinha contado praticamente nada, mesmo já se tendo passado uma semana desde que se tinham conhecido, no entanto, Landon já sabia perfeitamente o que se passava.

 Avançando a passos largos para Miles, que estava praticamente ao lado dele, Landon esticou a mão num punho e deu um soco mesmo na cara de Miles.

- Vê se aprendes a controlar as merdas que dizes! – gritou Landon enquanto que, irritado, continuava a bater em Miles, que também estava a dar luta e, portanto, estava também ele a bater em Landon.

Savannah abanou a cabeça e avançou para os rapazes tentando separá-los e fazê-los parar com aquilo.

- Já chega. Parem com isso. – puxou Landon pela camisola fazendo-o por fim parar e olhou para ele. – Já tenho tudo. Vamos embora daqui. – olhou de relance para Miles que continuava furioso, e passou a mão pelo braço de Landon tentando acalmá-lo, já que tal como Miles, ele também continuava todo passado.

Depois de se assegurar de que eles não iam voltar a atacar-se, Savannah foi até à beira da cama e pegou na mala que já estava pronto. Tinha lá dentro todas as coisas mais importantes de que precisava e depois logo veria do resto.

Miles olhou para os dois, mas manteve-se calado, estava completamente farto daquela rapariga. Abanou a cabeça quando os dois viraram costas e saíram do quarto. Sentou-se na cama e não tardou a que ouvisse a porta de saída a abrir e a fechar-se, dizendo assim que ele estava sozinho em casa e que tinha perdido Savannah, para sempre.

 

Como tenho conseguido adiantar bastante a próxima história que irei postar, decidi que a partir de agora, vou postar esta fic todas as terças e sábados até acabar de a postar toda (relembro que tem 18 capítulos, e portanto já não falta assim tanto para acabar). Por isso, não se esqueçam de passar aqui todas as terças, para além de sábados.

Espero que tenham gostado da "notícia".

Beijinhos

11 comentários

Comentar post

Pág. 1/2