Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

More than words.

More than words.

You're so bad {16}

Jullie deixou que Finn a beijasse, pois era exactamente isso que ela queria. Queria estar com ele, queria beijá-lo, queria as discussões, que tal como Finn havia dito, sabiam sempre como estas iriam terminar.

Os dois acabaram por ficar ali dentro daquela pequena sala, durante mais algum tempo, aos beijos. Nada mais disseram pois sabiam que o que faziam mostrava na perfeição aquilo que ambos estavam a sentir.

Ao fim de um tempo, Jullie separou-se dele e mordeu o lábio, tentando controlar a sua respiração. – É melhor voltarmos lá para dentro, antes que alguém dê pela nossa falta. – disse num tom de voz baixo. Aproximou-se do rapaz e passou os dedos pelos lábios dele, para assim tirar os restos de baton dela que ele tinha na boca. Riu-se ao de leve e limpou também a sua boca.

- Sim, vamos. – o rapaz esboçou um meio sorriso e de seguida agarrou na mão dela, puxando-a assim consigo para fora do escritório.

Os dois logo largaram a mão um do outro, assim que se embrenharam de novo no meio daquela multidão. Agora estavam ainda mais pessoas, visto que tinham chegado entretanto. O pai de Jullie estava por ali, a falar de forma animada com as pessoas tentando vender-lhes os seus produtos. Colin também já se encontrava ali, e Jullie reparou quando Finn foi ter com ele.

 

A rapariga continuou a andar por entre as pessoas, até avistar Trixie, indo assim ter com a amiga.

- Onde é que andavas? Estava à tua procurar há imenso tempo. – diz Trixie com um ar meio reprovador.

- Andava por aí. – responde Jullie com um encolher de ombros e tentado mostrar-se “normal” quando na verdade sentia a sua barriga como se estivesse cheia de borboletas.

- Estiveste com o Finn? – pergunta Trixie de repente, pondo os olhos na amiga e esperando a sua resposta.

Jullie olha para ela e os seus olhos reviram-se de imediato. – Porquê?

- Porque também não o andava a ver a ele. – diz com um meio sorriso. – E estás um pouco estranha…

Jullie revirou os olhos.

- Não sejas chata Trixie. Vai procurar o Colin e tenta conquistá-lo, acho que tens hipóteses. – piscou o olho para a amiga e seguidamente começou de novo a andar por ali.

 

Jullie parou de andar quando chegou a uma pequena mesa que continha algumas bebidas, pegou num copo e encheu o mesmo com um pouco de água. Os seus olhos começaram a olhar para as pessoas ali presentes e apenas parou quando os seus olhos encontraram os de Finn, que estavam também postos nela. A troca de olhares entre os dois foi mais do que evidente e Jullie mordeu o lábio quando o rapaz lhe dirigiu um sorriso.

O resto do tempo foi passado assim, com trocas de olhares por parte dos dois sempre que possível. Não tiveram mais oportunidades para falar, visto que no final, Colin não parou de chatear Jullie até a conseguir levar para casa. Será que ele sabia alguma coisa sobre ela e Finn? Não sabia o que Finn tinha dito a Colin mas quase de certeza que não tinha sido nada demais.

 

***

Jullie entrou dentro de casa e parou quando Colin chamou por ela.

- O que foi? – perguntou-lhe com um baixo suspiro. Sentia-se cansada e só queria ir para a cama dormir.

- O que é que se passa entre ti e o Finn? – perguntou mordendo ao de leve o lábio.

- Porquê? – perguntou com um suspiro. Colin e Trixie ficavam mesmo bem juntos, eram os dois tão chatos em relação a Finn. Bem que se podiam juntar um com o outro.

- Eu reparei na troca de olhares entre os dois durante toda a noite. – disse. – As discussões acabaram em amor? – perguntou com um pequeno sorriso a querer sair por entre os seus lábios.

- Não. – respondeu Jullie com um resmungo e virou costas, começando assim a subir as escadas em direcção ao seu quarto.

- Sabes, apesar de saber como ele é com as raparigas, sei que ele te vê de forma diferente. – disse, alto para que a irmã o pudesse ouvir. Reparou quando ela abrandou um pouco o passo, para assim o conseguir ouvir melhor. – Fizeste o meu melhor amigo apaixonar-se. Parabéns maninha. – diz ele de forma divertida e com um meio sorriso. Jullie começa de novo a andar mais rápido até desaparecer do seu campo de visão.

Há uns tempos atrás se alguém perguntasse a Colin se queria ver a irmã com Finn, ele responderia sem pensar duas vezes que não. Sabia como Finn era e sabia que não seria o rapaz que ele queria ver com a irmã. Mas agora sabia que tudo tinha mudado, mas poucas conversas que tinha conseguido ter com o amigo em relação àquilo, tinha ficado a perceber perfeitamente que Finn tinha mudado, por Jullie. 

 

Aqui está o penultimo capítulo! Adoro a conversa entre o Collin e a Jullie ahahah.

Pronto, quarta será postado o último capítulo MAS a história não acaba naquele! Depois no sábado irei ainda postar o prólogo que é importante!

Beijinhos

7 comentários

Comentar post